Última hora

Última hora

Casamentos gay na Califórnia representam filão para empresários

Em leitura:

Casamentos gay na Califórnia representam filão para empresários

Tamanho do texto Aa Aa

Los Angeles, a capital mundial dos casamentos prepara-se para explorar a partir de hoje um novo filão, depois do Supremo Tribunal da Califórnia ter autorizado as uniões homossexuais no Estado. Dos casamentos em “drive-in”, às capelas mais insólitas, todos os empresários do ramo preparam-se para uma afluência maciça de gays e lésbicas.

Dos 102 mil casais homossexuais registados no Estado, 51 mil deverão decidir “dar o nó” nos próximos três anos. Uma vitória dos direitos cívicos, que representa mais de 683 milhões de lucros para os “casamenteiros” californianos.

Um analista económico afirma que, “os casamentos homossexuais representam um mercado imenso para os empresários que se preparam para um verdadeiro Verão do amor”.

Mas, apesar da decisão do Supremo Tribunal da Califórnia de levantar a interdição sobre as uniões homossexuais, a legislação sobre o tema permanece ambígua.

Os detractores da medida, em especial as organizações religiosas preparam uma proposta de referendo para o Outono para que a Constituição estadual defina o casamento como a união entre um homem e uma mulher.