Última hora

Última hora

Al Gore apoia candidatura de Obama às presidenciais

Em leitura:

Al Gore apoia candidatura de Obama às presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

O clima eleitoral aquece entre os democratas norte-americanos, depois do antigo vice-presidente Al Gore ter saído do silêncio, ontem, para apoiar a candidatura de Barack Obama à Casa Branca.

O também ex-candidato presidencial, convertido ao activismo ecológico, explicou ontem num comício em Detroit porque é que decidiu apoiar o senador do Illionois, em nome da mudança, o lema da campanha.

Gore citou a oposição do candidato à guerra no Iraque e o consenso em torno da luta contra o aquecimento global para justificar o apoio.

“Depois de oito anos de incompetência, negligência e fracassos, precisamos de mudança. Depois de oito anos dos mais graves erros de política externa da nossa história, precisamos de mudança”, afirmou Al Gore.

A inexperiência de Obama e as dúvidas sobre a capacidade de gerir a política militar e externa, continua, no entanto, a ser principal ponto fraco nas sondagens, face ao opositor republicano.

John McCainn criticou ontem a promessa de Obama de visitar o Iraque antes das eleições de Novembro. O democrata promete retirar gradualmente as tropas do país caso seja eleito.

Irónico, McCainn afirmou que, “a visita de Obama ao Iraque ocorrerá 900 dias depois de se ter deslocado ao país”. Aconselhando o opositor a reunir-se com o responsável do comando norte-americano para se aperceber da situação real no território.

As primeiras sondagens dão uma ligeira vantagem a Obama, que não consegue convencer no entanto os eleitores independentes, que duvidam das capacidades do democrata em lidar com os temas de terrorismo e política internacional.