Última hora

Última hora

Presidente da OPEP recusa aumento imediato da produção de petróleo

Em leitura:

Presidente da OPEP recusa aumento imediato da produção de petróleo

Tamanho do texto Aa Aa

Países produtores e consumidores, companhias petrolíferas e organizações internacionais estão reunidos na Arábia Saudita, para discutir a subida do preço do petróleo, as causas e as medidas para a enfrentar.
Mas ainda antes do encontro começar, em declarações a uma televisão, o presidente da OPEP já tinha excluído a hipótese de aumentar a produção. Disse que o assunto só seria discutido durante a reunião do cartel em Setembro.
Chakib Jelil explicou, uma vez mais, que para a Organização dos Países Exportadores de Petróleo a escalada dos preços se deve à especulação e ao enfraquecimento do dólar e não à falta de oferta.
A decisão da Arábia Saudita de aumentar a sua produção em 200 mil barris diários em Julho foi considerada errónea pelo líder da OPEP.
O preço do barril de crude quase que duplicou no espaço de um ano. Chegou recentemente perto dos 140 dólares, em Nova Iorque.
A subida do petróleo tem motivado diversos protestos por partes dos consumidores, nomeadamente em vários países europeus.