Última hora

Em leitura:

Zimbabué:Tsvangirai abandona corrida à segunda volta das presidenciais


mundo

Zimbabué:Tsvangirai abandona corrida à segunda volta das presidenciais

A oposição do Zimbabué retira-se da corrida presidencial.

O anúncio foi feito pelo líder do Movimento para a Mudança Democrática, na capital do país, sob a ameaça de milhares de defensores do regime.

“Nós no MDC resolvemos que não vamos participar neste processo eleitoral violento, ilegítimo e fraudulento”, declarou.

Morgan Tsvangirai considera não existirem condições para a realização de um escrutínio livre e justo.

Tsvangirai afirmou em Harare não poder pedir aos seus apoaintes que arrisquem a vida. O clima de violência e de tensão que se vive no país é imputado aos apoaintes do Zanu-PF desde que o partido no poder saiu derrotado na primeira volta em Março.

O MDC acusa os partidários de Mugabé da morte de 70 apoiantes do movimento. Centenas de outros permanecerão detidos sob custódia das forças governamentais.

Posta de parte para já uma solução política para a grave situção no país, acentua-se a incógnita numa altura em que Robert Mugabe não dá sinais de querer abandonar um posto que ocupa desde 1980.

O chefe de Estado tem ignorado os apelos e avisos da comunidade internacional, nomeadamente da União europeia e da ONU, para que respeite os direitos democráticos.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

FARC entregam prova de vida de um refém