Última hora

Última hora

Autoridades temem que possam estar cerca de 800 corpos presos no interior do Princess of the Stars

Em leitura:

Autoridades temem que possam estar cerca de 800 corpos presos no interior do Princess of the Stars

Tamanho do texto Aa Aa

São notícias devastadoras para as famílias das vítimas do barco que naufragou nas Filipinas, com mais de 800 pessoas bordo. Os mergulhadores, envolvidos nos trabalhos de resgate, conseguiram entrar no interior do ferry onde encontraram “numerosos corpos presos”.

Um cenário que mata praticamente todas as esperanças de encontrar alguém vivo.

A embarcação Princess of the Stars naufragou, este sábado, ao largo da ilha de Sibuyan devido às enormes ondas provocadas pelo tufão Fengshen. Apenas 42 pessoas foram resgatadas com vida.

À medida que as horas passam o desespero é cada vez maior. Existe um sentimento de indignação geral nos afectados, que sentem que não dispõem de informações e pretendem enterrar os seus mortos o mais rápido possível.

A revolta instala-se nas famílias que reclamam também mais colaboração por parte da empresa proprietária do Ferry, a Sulpicio Lines, que entretanto já viu as autoridades locais suspenderam a licença de exploração.

Após três dias, nalgumas localidades, a população começa já a construir caixões para enterrar as vítimas que ainda não foram identificadas.

Esta é mais uma tragédia marítima nas Filipinas, a pior dos últimos 20 anos.