Última hora

Última hora

Conselho de Segurança da ONU culpa o regime de Mugabe pela violência no Zimbabué

Em leitura:

Conselho de Segurança da ONU culpa o regime de Mugabe pela violência no Zimbabué

Tamanho do texto Aa Aa

Morgan Tsvangirai não cala a sua revolta. O líder do partido da oposição, refugiado na embaixada holandesa em Harare, afirmou que a condenação do Conselho de Segurança da ONU culpa directamente o regime de Robert Mugabe pela violência eleitoral vivida nos últimas semanas no Zimbabué.

Tsvangirai acredita que esta tomada de posição das Nações Unidas é um passo importante e confirma o que dizia: “É impossível haver eleições justas no Zimbabué”.

É a reacção do conselho de segurança da ONU à espiral de violência e intimidação que domina o país e levou o candidato da oposição a desistir da segunda volta das presidenciais.

O secretário-geral Ban Ki-Moon advertiu para as graves repercussões deste caso.

“Esta situação supera tudo aquilo a que se pode chamar de situação interna. Tem implicações muito para além das fronteiras do Zimbabué. Tem graves implicações para a paz e para estabilidade e em particular no que diz respeito a situações humanitárias, para toda a região e para África. A credibilidade do Zimbabué e da União Africana está em causa”, afirmou Ban Ki-Moon.

O presidente Robert Mugabe ignora os avisos da comunidade internacional. Vai mesmo mais longe afirmando que a fuga de Tsvangirai para a embaixada holandesa é uma encenação feita com o apoio do Governo britânico, que pretende tomar de assalto o Zimbabué.