Última hora

Última hora

Mergulhadores confirmam os piores receios das famílias das vítimas do naufrágio nas Filipinas

Em leitura:

Mergulhadores confirmam os piores receios das famílias das vítimas do naufrágio nas Filipinas

Tamanho do texto Aa Aa

Os mergulhadores envolvidos nos trabalhos de resgate, encontraram um grande numero de corpos já sem vida no interrior do ferry, que naufragou nas Filipinas, no sabado passado.

Vários corpos vão dando à costa ou são encontrados no mar alto, mas as autoridades confirmaram que a grande maioria das vitimas encontra-se mesmo no interiro da embaracação da qual nunca conseguiram sair.

O Princess of the Stars, que transportava 864 pessoas, naufragou ao largo da ilha de Sibuyan devido às enormes ondas provocadas pelo tufão Fengshen. Até ao momento apenas 57 pessoas foram encontradas com vida.

À medida que as horas passam o desespero é cada vez maior. Existe um sentimento de indignação geral nos afectados, que não sentem a total cooperação por parte da empresa proprietária do Ferry, a Sulpicio Lines, que já veio pedir publicamente perdão a todas as familias das vitimas.

Entretanto, as autoridades locais suspenderam a licença de exploração da Sulpicio Lines e anunciam a criação de uma agencia de segurança para os transportes maritimos.

O luto instalou-se entre algumas familias que vão enterrando o seus mortos, outras ostentam cartazes com fotos dos seus entes queridos na esperança que alguém os encontre.

Esta é mais uma tragédia marítima nas Filipinas, a pior dos últimos 20 anos.