Última hora

Última hora

Arábia Saudita detém 520 suspeitos de ligações à al Qaida

Em leitura:

Arábia Saudita detém 520 suspeitos de ligações à al Qaida

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades da Arábia Saudita prenderam 520 suspeitos de ligações à al Qaida. O anúncio foi feito esta quarta-feira pelo ministro do Interior saudita. As detenções foram realizadas nos últimos seis meses. Alguns dos suspeitos são acusados de planear um ataque contra um campo petrolífero, em coordenação com o número dois da al Qaida, Ayman al Zawahri.

O reino da Arábia Saudita foi palco de vários ataques terroristas entre 2003 e 2006 o que levou as autoridades a reforçarem fortemente as medidas de segurança nos últimos anos.

O governo anunciou que os suspeitos são oriundos de vários países, nomeadamente da Mauritânia, do Afeganistão, do Iraque e do Iemen.

A Casa Branca fez saber que estas detenções revelam que “o terrorismo continua a ser um desafio não apenas para a Arábia Saudita e para os Estados Unidos, mas para o mundo inteiro”.