Última hora

Última hora

Cimeira Rússia-UE começa hoje na cidade conhecida como "Koweit russo"

Em leitura:

Cimeira Rússia-UE começa hoje na cidade conhecida como "Koweit russo"

Tamanho do texto Aa Aa

Já estão em Khanty-Mansiik, os dirigentes da União Europeia. É nesta cidade da Sibéria que decorre a Cimeira Rússia-União Europeia, a primeira a ter Dimitri Medvedev como anfitrião.

Para os líderes europeus é o primeiro encontro com o novo presidente russo, de quem esperam vontade política para lançar as bases da negociação de um novo acordo de parceria entre os dois blocos.

Khanty-Mansiik é conhecida como o Koweit russo. Esta cidade siberiana é a capital de uma região que produz 57% do petróleo da Rússia. Uma escolha que não é fortuita: a questão energética é um dos pontos fulcrais na nova parceria.

Mas como o acordo esperado abrange várias áreas, a Rússia já fez saber quais são as suas condições, como explica Vladimir Chizhov, embaixador russo junto da União Europeia: “A obrigação de respeitar as leis internacionais, a obrigação de respeitar a soberania e a integridade territorial de cada um, a obrigação de não levar a cabo nenhum tipo de actividade hostil ao outro.” Os assuntos espinhosos são muitos e vão da independência do Kosovo às tensões nas repúblicas separativas da Abcássia e da Ossétia do Sul, passando pelo escudo antimíssil norte-americano a instalar na Europa Central ou pela recente proibição russa de importar carne de porco e de frango de vários exportadores europeus. As negociações oficiais devem começar a 4 de Julho, mas prevêem-se longas.