Última hora

Última hora

Coreia do Norte revela actividades nucleares, sem evocar arsenal atómico

Em leitura:

Coreia do Norte revela actividades nucleares, sem evocar arsenal atómico

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos vão retirar a Coreia do Norte do chamado “eixo do mal”, depois do país ter entregue aos negociadores chineses um relatório detalhado sobre as actividades nucleares do país.

Pyongyang compromete-se a iniciar o desmantelamento das suas instalações nucleares, já a partir de amanhã, com a demolição de uma das torres de refrigeração da central de Yongbyong.

Com o gesto simbólico, para o qual foram convidados pela primeira vez, vários media estrangeiros, Pyongyang quer mostrar que está de regresso às negociações internacionais, bloqueadas desde o ano passado.

Estados Unidos, China, Rússia, Coreia do Sul e Japão vão compensar o abandono definitivo do nuclear com o envio de ajuda humanitária e energética ao país.

O relatório norte-coreano, cujos detalhes não são conhecidos, não faz no entanto referência ao arsenal atómico do país. As dúvidas sobre esta questão tinham levado Pyongyang a não respeitar o compromisso de cessar as actividades nucleares até ao final do ano passado.

Os analistas sublinham que a mudança de posição poderá estar relacionada com uma nova crise alimentar entre a população, que, como no passado, obriga o regime a ensaiar uma nova abertura ao exterior.