Última hora

Última hora

Mundo lembra primeiro passo para a Guerra Fria

Em leitura:

Mundo lembra primeiro passo para a Guerra Fria

Tamanho do texto Aa Aa

No primeiro dia de Junho de 1948, os aliados ocidentais, reunidos em Londres, anunciaram abruptamente a intenção de criar um Estado alemão separado. E no dia 18, divulgaram a criação da nova moeda, o Deustch Mark. Três dias depois foi posta em circulação.

Ignoraram a Conferência de Potsdam (na Alemanha, em 1945) dos aliados da II Guerra Mundial, que estabeleceu a partilha de Berlim em quatro sectores de ocupação: britânico, americano, francês e soviético.

No dia 23 de Junho, as autoridades soviéticas reagiram (foi mesmo o primeiro acto da Guerra Fria): puseram em circulação um novo marco na Alemanha de Leste e cortaram as linhas de caminho-de-ferro que ligavam Berlim à Alemanha Ocidental (três semanas depois fechariam os canais).

No dia seguinte, o governo militar ocidental de Berlim bloqueou os esforços soviéticos de alargamento do uso da nova moeda da zona oriental em Berlim ocidental.

À medida que as tropas soviéticas apertavam o controlo sobre as ligações de superfície com a cidade, os governos americano e britânico decidiram realizar uma ponte aérea para abastecer as próprias zonas e, em 26 de Junho, o primeiro avião de transporte aterrou no aeroporto de Tempelhof em Berlim (Ocidental).

A ponte aérea durou até 12 de Maio de 1949. Os aliados enviaram 2, 3 milhões de toneladas de provisões durante os 11 meses de bloqueio. Planos de criar um Estado alemão ocidental separado

O piloto alemão Earl Moore defende que, se estivesse em causa alimentar um antigo inimigo, eles não teriam enviado um único avião porque os pilotos teriam recusado. Mas quando viram o que os comunistas iam fazer às pessoas, quiseram mudar o rumo dos acontecimentos.

O propósito de Estaline ao fazer o bloqueio a Berlim era forçar o Ocidente a escolher entre deixar a cidade e abandonar os planos de criar um Estado alemão ocidental separado.
Os Aliados conseguiram manter a sua parte de Berlim e o bloqueio soviético aumentou a determinação em continuar com os planos para a Alemanha Ocidental.

Os berlinenses sofreram. Mercedes Wild era criança e esperava que os chocolates caíssem nos pára-quedas. Um dia escreveu “Ao Tio Chocolate, no aeroporto de Tempelhof, para que lhe enviasse um só pára-quedas recheado directamente para o jardim de casa.

A França juntou-se à zona dupla em Abril de 1949, criando uma unidade económica alemã ocidental de 49 milhões de habitantes (contra 17 milhões na zona soviética). Tal como a maioria das aventuras diplomáticas de Estaline, o Bloqueio de Berlim foi uma improvisação,