Última hora

Última hora

EURO2008 termina com "fiesta" em Madrid e decepção em Berlim

Em leitura:

EURO2008 termina com "fiesta" em Madrid e decepção em Berlim

Tamanho do texto Aa Aa

Por toda a Espanha, a noite foi de “fiesta” pela vitória na final do Campeonato Europeu de Futebol.

Da capital aos quatro cantos do país, a população celebrou efusivamente o segundo título europeu da selecção espanhola, face à Alemanha, 44 anos depois de bater a União Soviética.

Hoje ao fim da tarde, as ruas de Madrid deverão encher-se novamente para receber o desfile triunfal da selecção, de regresso ao país.

Na capital, dois espanhóis dizem que “é simplesmente incrível”. A vitória de Espanha foi, claro, “o melhor que podia ter acontecido”.

A noite saldou-se também em pelo menos 26 hospitalizações, com um ferido em estado grave. A polícia foi obrigada a intervir contra alguns “festejos” violentos no centro da capital espanhola, efectuando várias detenções.

Berlim era entretanto a imagem da decepção. Os mais de 600 mil alemães que se juntaram para ver a final nos ecrãs gigantes instalados junto à porta de Bradenburgo não escondiam a tristeza da derrota.

Um apoiante da “Mannschaft” reconhece que “a Espanha mereceu vencer”. Diz que a equipa alemã “não jogou bem, não atacou e não pressionou nos últimos minutos”. Felicita ainda a Espanha, que “jogou um bom futebol”.

Depois de um precurso auspicioso que passou, nomeadamente, pela eliminação de Portugal, a Alemanha deixou os fãs com um sabor amargo na boca.