Última hora

Última hora

Inflação em máximos deve obrigar BCE a agir

Em leitura:

Inflação em máximos deve obrigar BCE a agir

Tamanho do texto Aa Aa

A inflação na zona euro atingiu o valor mais alto de sempre, em Junho – 4%.

A subida dos preços é motivada pelos custos da alimentação e sobretudo dos combustíveis, numa altura em que o preço do petróleo atinge níveis também nunca vistos, com o barril acima dos 140 dólares.

A taxa de inflação anual tem vindo a subir gradualmente, tirando a queda de Abril. Em Maio, o nível tinha sido de 3,7%.

“A actual inflação é desconfortavelmente alta. Não só para a Zona Euro, como para o resto da Europa e mesmo para o resto do mundo. É preciso ter a certeza de que essas expectativas inflacionistas não ganham raízes e evitar, a todo o custo, uma espiral salários-preços – que teria consequências muito graves para as nossas economias e para os cidadãos em geral”, disse a porta-voz da Comissão Europeia, Amélia Torres.

Este nível é um sinal para o Banco Central Europeu, que não deve poder escapar a uma nova subida das taxas de juro, isto apesar da economia estar a enfraquecer. O conselho de governadores do BCE reúne-se esta quinta-feira e a subida no preço do dinheiro é o resultado mais que previsto.