Última hora

Última hora

Nicolas Sarkozy: "As coisas vão mesmo muito mal" na Europa

Em leitura:

Nicolas Sarkozy: "As coisas vão mesmo muito mal" na Europa

 Nicolas Sarkozy: "As coisas vão mesmo muito mal" na Europa
Tamanho do texto Aa Aa

A Torre Eiffel veste-se de gala para celebrar o início da presidência francesa da União Europeia, oficialmente marcado para esta terça-feira. Na véspera da tomada de posse, o presidente francês, Nicolas Sarkozy, foi à televisão pública falar dos desafios da Europa.

E admite que a Europa está em crise. “As coisas vão mal. As coisas vão mesmo muito mal. A Europa preocupa os cidadãos. Pior: penso que, pouco a pouco, os nossos concidadãos se perguntam se, afinal, a escala nacional não seria a melhor forma de os proteger da escala europeia. Não, não é! Eu, pessoalmente, penso que é fazer marcha atrás. E se há que fazer marcha atrás é na forma de construir a Europa. É preciso mudar profundamente a nossa forma de construir a Europa”, afirmou Nicolas Sarkozy.

O presidente francês é um europeísta convicto. O Tratado de Lisboa, que visa agilizar a tomada de decisão no seio das instituições europeias foi, em parte, obra sua. Levá-lo a bom termo será uma das suas principais prioridades – sobretudo, depois do “não” no referendo irlandês.