Última hora

Última hora

Sarkozy acredita na ratificação polaca do Tratado de Lisboa

Em leitura:

Sarkozy acredita na ratificação polaca do Tratado de Lisboa

Tamanho do texto Aa Aa

Uma cerimónia solene nos Campos Elíseos, para marcar o primeiro dia da presidência francesa da União Europeia. Nicolas Sarkozy não tem tempo a perder. O presidente francês reuniu-se com os comissários europeus. Durante três horas, discutiram os desafios que a Europa enfrenta, agravados pelo “não” irlandês ao Tratado de Lisboa e pelas declarações, esta quarta-feira, do presidente polaco, Lech Kaczynski, que recusa ratificar o texto.

Nicolas Sarkozy não quer acreditar em tal ameaça: “Não posso imaginar que o presidente polaco, que assinou com o seu próprio punho o documento, primeiro em Bruxelas e depois em Lisboa, possa agora pôr em causa a sua própria assinatura. Não foi o primeiro-ministro, Donald Tusk, que negociou e assinou o Tratado. Foi o próprio presidente.”

Nicolas Sarkozy promete trabalhar de mãos dadas com o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso, para encontrar “soluções políticas aos problemas políticos” da Europa. Mas anunciou também medidas mas pragmáticas, como um plano de luta contra a doença de Alzheimer e a criação de um Erasmus da aprendizagem profissional.