Última hora

Última hora

Defensores dos animais exigem proibição da importação de produtos derivados de focas

Em leitura:

Defensores dos animais exigem proibição da importação de produtos derivados de focas

Tamanho do texto Aa Aa

Pelas “focas em perigo”, centenas de pessoas manifestaram-se em Bruxelas, junto às instituições da União Europeia. Pediram à presidência francesa para proibir a importação e venda de produtos derivados de focas. O Comissário Europeu para o Ambiente, Stavros Dimas, tenciona apresentar uma proposta de lei neste sentido, mas referente apenas a artigos provenientes de focas apanhadas e mortas de forma cruel.

Os defensores dos animais dizem que não há uma maneira humana de matar focas. Exigem, por isso, uma proibição total e sem condições, o que uma fonte da União Europeia diz ser impossível.

O Canadá autorizou o abate de 275 mil focas este ano.
Bélgica e Países Baixos proibiram a importação de produtos derivados de focas. Croácia, Eslovénia, Alemanha e Áustria tomaram medidas para fechar os seus mercados a tais importações.