Última hora

Última hora

Aventura terminou em aventura

Em leitura:

Aventura terminou em aventura

Tamanho do texto Aa Aa

Ingrid Betancourt foi tranferida para um local no sul da Colômbia, juntamente com outros 14 reféns. Ali, foi recolhida por uma força do exército colombiano e, pouco depois, fazia uma inesperada mas desejada viagem para Bogotá.

A libertação foi o ponto alto de uma operação de infiltração de agentes colombianos, na direcção das FARC. Os agentes convenceram a custódia dos reféns que tinham de os transferir para sul, para perto do actual lider, Alfonso Cana. A transferência concretizou-se, mas para outro local, onde o exército os esperava. Ingrid Betancoourt mal cria acreditar, no que lhe estava a acontecer.

Agora, é tempo de acertar conztas com o passado: “Passei o filme na minha cabeça muitas vezes. Teria sido pressionada? Teria sido teimosa? Hoje com a prespectiva dos anos que passaram, sinto que era o meu destino, que tinha de viver o que vivi, que tinha de conhecer o que conheci”.

Ingrid Betancourt disse ainda que a libertação é sinal de um futuro de paz, para a Colômbia. Agradeceu a Deus, aos soldados colombianos, ao presidente Álvaro Uribe e à França.

O ministro colombiano da Defesa afirmou que os reféns libertados integravam um grupo de 40, que as FARC admitiam trocar por 500 guerrilheiros detidos nas prisões de Bogotá.