Última hora

Última hora

Bebé sobrevive a ataque com retroescavadora em Jerusalém Ocidental

Em leitura:

Bebé sobrevive a ataque com retroescavadora em Jerusalém Ocidental

Tamanho do texto Aa Aa

Um bebé de seis meses sobreviveu ao ataque perpetrado esta quarta-feira por um palestiniano com uma retroescavadora numa das artérias mais movimentadas de Jerusalém. O atacante abalroou vários carros – incluindo a viatura onde se encontrava o bebé – e um autocarro, matando três israelitas e ferindo mais de quarenta, antes de ser morto a tiro por um polícia e um guarda de segurança privado.

As “Brigadas dos Homens Livres da Galileia”, grupo palestiniano pouco conhecido, reivindicaram a acção violenta de Hussam Dwayat, residente de Jerusalém Leste.

Da varanda da casa onde vivia, a sogra gritava, em reacção ao ataque, que Dwayat “morreu como um mártir”.

O presidente israelita diz que se tratou de “uma tentativa para destruir a situação normalmente controlada e tranquila em Jerusalém”. Shimon Peres classifica o ataque como “um erro, porque nesta cidade árabes e judeus vivem o quotidiano e contactam de forma pacífica”.

É o primeiro ataque perpetrado por um palestiniano em Jerusalém Ocidental desde que, a 6 de Março, um atirador matou oito estudantes israelitas.