Última hora

Última hora

Família de Betancourt festeja fim do cativeiro

Em leitura:

Família de Betancourt festeja fim do cativeiro

Tamanho do texto Aa Aa

Com a família em primeiro lugar, multiplicam-se, por todo o mundo, as manifestações de alegria, pela libertação de Ingrid Betancourt.

Ontem à noite, no Eliseu, o Presidente francês confirmou a notícia mais esperada.

Antes de partirem para Bogotá ao encontro da ex-refém das FARC, os filhos foram os porta-vozes do regozijo provocado pela libertação da senadora e ex-candidata presidencial colombiana, de ascendência francesa.

Ingrid Betancourt foi libertada na noite de quarta-feira, depois de seis anos de cativeito. Com ela, foram libertados mais 14 reféns, incluindo três americanos. Entre eles está Marc Gonsalves de ascendência portuguesa.

A irmã de Ingrid, Astrid, também esteve no Eliseu. O jovem sobrinho da senadora colombiana era o mais efusivo, nas manifestações.

A angústia transformou-se, rapidamente, em festa como aconteceu na sede de um grupo francês de apoio e solidariedade, para com Ingrid Betancourt.

Mas o primeiro abraço em liberdade foi para a mãe que a esperava, em Bogotá.

Aparentemente, o estado de saúde é satisfatório, apesar dos rumores que lhe atribuem uma infecção malária.