Última hora

Última hora

Ingrid Betancourt em Paris

Em leitura:

Ingrid Betancourt em Paris

Tamanho do texto Aa Aa

Foram necessários mais de 2.300 dias para tornar possíveis gestos como este. Nos últimos seis anos, a imagem de Ingrid Betancourt mobilizou multidões. Esta sexta-feira, a franco colombiana voltou uma das praças de Paris, palco de uma intensa companha a favor da sua libertação.

As FARC mantêm em cativeiro cerca de 800 reféns. Muitos foram raptados a pensar no dinheiro dos resgates, usado para financiar as operações da guerrilha.

Confrontada com a hipótese de ser uma destas pessoas, Betancourt responde que tudo leva a crer que não tenha sido o caso: “Não acredito que aquilo que vi tenha sido uma representação devido ao clima de tensão. Os os momentos stressantes plos quais passámos pareciam não ter fim. Os meus companheiros resistiram, não queriam entrar no helicóptero.”

Ingrid Betancourt foi libertada´na sequência de uma operação do exército colombiano que culminou na libertação de outros 14 reféns, entre eles três norte-americanos e 11 militares e polícias colombianos.