Última hora

Última hora

O presidente Nicolas Sarkozy defendeu uma presidência suave da França à frente da União Europeia

Em leitura:

O presidente Nicolas Sarkozy defendeu uma presidência suave da França à frente da União Europeia

Tamanho do texto Aa Aa

Sarkozy falava no conselho nacional da UMP, perante 2000 membros do partido no poder e onde esteve como convidado o presidente da Comissão Europeia Durão Barroso: “Não se pode dizer, por um lado, que a Europa faz demasiado, e por outro pedir-lhe que faça mais, todos os dias sobre todos os assuntos. É insensato, inconcebível. Eu digo à Europa que há assuntos em relação aos quais nos deverão dar liberdade. E quero prestar homenagem à coragem do presidente Barroso que considera perfeitamente normal o pedido para a França baixar o IVA sobre a restauração”, disse.

Por outro lado Sarkozy apelou à Polónia para que honre a assinatura de estado membro da UE e mostrou-se confiante numa solução para o tratado de Lisboa. A França assumiu a 1 de Julho a presidência rotativa da União Europeia, passando o testemunho à República Checa a partir de 1 de Janeiro de 2009.