Última hora

Última hora

Atentado mata polícias junto à mesquita vermelha de Islamabad

Em leitura:

Atentado mata polícias junto à mesquita vermelha de Islamabad

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 16 pessoas morreram este domingo na sequência de um atentado que também fez pelo menos 40 feridos no centro de Islamabad. Pelo menos 11 das vítimas mortais eram polícias que se encontravam numa zona de comércio junto à mesquita vermelha da capital paquistanesa, onde se deu a explosão.

Os membros das forças de segurança encontravam-se a proteger uma manifestação de milhares de militantes islamitas que decorria nas imediações da mesquita, considerada um bastião do islão radical.

Os manifestantes assinalavam o assalto mortífero de há um ano, quando as forças governamentais desalojaram centenas de fundamentalistas barricados no edifício, onde também funcionava uma escola religiosa. Fontes oficiais confirmaram tratar-se de um atentado suicida.

O Paquistão vivia uma acalmia relativa após as legislativas de 18 de fevereiro que deram uma vitória esmagadora aos opositores do presidente Musharraf. O país continua no entanto a passar por uma vaga de atentados sem precedentes que no espaço de uma ano já matou cerca de 1.100 pessoas.