Última hora

Última hora

Ingrid Betancourt: do outro lado das "vozes do sequestro"

Em leitura:

Ingrid Betancourt: do outro lado das "vozes do sequestro"

Tamanho do texto Aa Aa

O programa, “as vozes do sequestro”, da rádio colombiana Caracol, contou, ontem, com uma participação especial: Ingrid Betancourt, ao telefone de Paris, e outros reféns das FARC libertados na quarta-feira passada.

Durante seis anos e meio, à semelhança de centenas de reféns, Ingrid acompanhou religiosamente esta emissão, para ouvir as mensagens enviadas pelos seus familiares.

Como a mãe, o marido ou os filhos da ex-refém, os familiares de outras pessoas sequestradas enviaram ontem mensagens de esperança para a selva.

Em directo de Paris, Ingrid Betancourt voltou a afirmar o seu empenho em continuar a luta para chegar a um acordo com as FARC. A refém anulou no entanto, a sua participação na marcha desta semana em Bogotá, para exigir o fim do cativeiro dos reféns, alegadamente por questões de segurança.

Actualmente a guerrilha colombiana mantém sequestradas algures na selva amazónica, mais de 700 pessoas, entre reféns políticos e económicos.