Última hora

Última hora

Ex-militante das Brigadas Vermelhas interpõe recurso contra a sua extradição

Em leitura:

Ex-militante das Brigadas Vermelhas interpõe recurso contra a sua extradição

Tamanho do texto Aa Aa

Marina Petrella, a ex-militante das Brigadas Vermelhas vai ser extraditada para Itália, anunciou o primeiro-ministro francês, à margem da cimeira do G8.

A antiga “brigadista” foi detida em 2007 e encontra-se actualmente na ala psiquiatrica de uma prisão francesa.

Perante o pedido de extradição, Petrella interpôs um recurso ao Conselho de Estado francês. A decisão deste orgão poderá tardar alguns meses.

Segundo o advogado da ex-militante terrorista, o estado de saúde de Petrella encontra-se “extremamente degradado” e a extradição pode significar a morte.

Nicolas Sarkozy pediu às autoridades italianas a amnistia da ex-militante, tendo em conta a “antiguidade dos crimes e o seu frágil estado psicológico e físico”.

Silvio Berlusconi também já aceitou intervir junto do presidente italiano para obter o perdão.