Última hora

Última hora

Protesto em Roma contra reforma judicial de Berlusconi

Em leitura:

Protesto em Roma contra reforma judicial de Berlusconi

 Protesto em Roma contra reforma judicial de Berlusconi
Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de italianos protestaram no centro de Roma contra a reforma judicial promovida pelo Governo de Silvio Berlusconi, que dizem conduzir o país a uma ditadura encoberta.

O principal lema da manifestação foi “todos os cidadãos são iguais perante a lei”, terceiro artigo da Constituição italiana.

O antigo juíz Antonio Di Pietro, líder da formação de esquerda Itália dos Valores, explica que “como o primeiro-ministro tem problemas com a Justiça, o Governo faz leis que o beneficiam”.

Convocada por partidos de esquerda e organizações sociais, a concentração na Praça Navona foi o maior acto de protesto contra Berlusconi desde que voltou ao poder em Maio.

O chefe de Governo reagiu à manifestação desde o Japão, onde participa na Cimeira do G8.

Berlusconi tentou retirar importância ao evento, defendendo que “não são as manifestações, mas sim os factos, que dão a imagem de um país”. Para o primeiro-ministro italiano, o que é preciso é “remediar a tragédia” do lixo em Nápoles e na Campania.

Nos últimos dois meses, Berlusconi aprovou dois decretos-lei e um projecto-lei que, segundo a oposição, pretendem impedir um processo por corrupção contra o chefe de Governo.