Última hora

Última hora

Rice visita Geórgia sob fundo de tensões entre Tbilissi e separatistas apoiados por Moscovo

Em leitura:

Rice visita Geórgia sob fundo de tensões entre Tbilissi e separatistas apoiados por Moscovo

Tamanho do texto Aa Aa

A secretária de Estado norte-americana visita hoje a Geórgia, num momento em que a violência nas regiões separatistas da Abcásia e da Ossétia do Sul ameaça os esforços para apaziguar tensões entre Tbilissi e Moscovo.

Numa reunião de emergência do Conselho de Segurança georgiano, Mikhail Saakashvili disse que “a visita de Condoleezza Rice representa uma parte importante dos esforços” de resolução do conflito. O presidente georgiano garantiu o empenho “na melhoria das relações com a Rússia”, que continua no entanto a acusar de “violar as leis internacionais”.

Tbilissi e as regiões separatistas, apoiadas pela Rússia, trocam acusações de responsabilidade na escalada das tensões.

A Geórgia diz que o agravamento da situação coincide com o apoio do Ocidente ao país.

O analista e jornalista russo Fyodor Lukyanov defende que “as autoridades georgianas tentam persuadir os Estados Unidos de que existe uma necessidade de acelerar o processo de aproximação à NATO para conseguir estabilizar a situação. A Rússia tem a opinião contrária. Quanto mais rápido a Geórgia se aproximar da NATO, mais provável se torna um passo como o reconhecimento da independência da Abcásia por parte da Rússia”.

O conflito que opõe Tbilissi aos separatistas tornou-se sangrento com os atentados de domingo na Abcásia, que fizeram quatro mortos. Na semana passada, na Ossétia do Sul, tropas georgianas e rebeldes envolveram-se num tiroteio que fez duas vítimas mortais.