Última hora

Última hora

Rússia promete tomar medidas se EUA instalarem radar perto da sua fronteira

Em leitura:

Rússia promete tomar medidas se EUA instalarem radar perto da sua fronteira

Tamanho do texto Aa Aa

Moscovo não ficará de braços cruzados se os Estados Unidos instalarem um sistema antimíssil no leste da Europa.

O presidente russo Dimitri Medvedev anunciou hoje que a Rússia reflecte sobre a resposta a dar à decisão norte-americana de instalar um radar antimissil na República Checa.

Washington afirma que se trata apenas de defender os membros da NATO contra eventuais ataques do Irão ou de outros países.

Um argumento que não convence o Kremlin.

Um analista político russo afirma que “ninguém quer um Irão nuclear mas que os países têm posições diferentes sobre a matéria. A Rússia deseja incluir ao máximo o Irão, os Estados Unidos defendem uma política de isolamento e a Europa está entre os dois”.

Ontem a secretária de estado norte-americano assinou em Praga o polémico acordo que visa instalar um radar na República Checa.

Pouco após a assinatura, uma fonte do Kremlin fez saber que a Rússia utilizaria meios técnicos e militares se os Estados Unidos instalassem sistemas antimíssil perto da sua fronteira.

Numa tentativa de apaziguar a situação, um porta-voz da Casa Branca afirmou que a Rússia e a Europa devem ser tratados de forma igual no projecto de instalar um sistema de defesa antimíssil em território do leste europeu.