Última hora

Última hora

Tbilissi chama embaixador após incursão aérea russa

Em leitura:

Tbilissi chama embaixador após incursão aérea russa

Tamanho do texto Aa Aa

A Geórgia chamou o embaixador em Moscovo para consultas, depois do Kremlin ter admitido a incursão de caças russos no espaço aéreo georgiano.

Em entrevista à agência Reuters, o presidente Mikhail Saakashvili disse que o episódio reforça a intimidação russa ao vizinho do Cáucaso.

A ministra georgiana dos Negócios Estrangeiros explica que chamaram o embaixador “devido à importância de acções e declarações deste tipo, que não podem ser subestimadas já que representam um acto claro de agressão”.

Serguei Lavrov recebia entretanto o líder separatista abcase. O chefe da diplomacia russa apoiou Serguei Bagapsh na objecção ao pedido georgiano para substituir as forças russas de manutenção de paz na Abcásia.

Tbilissi e Moscovo responsabilizam-se mutuamente pelos recentes episódios de violência nas regiões separatistas da Abcásia e da Ossétia do Sul, apoiadas pelo Kremlin.

A Geórgia denunciou a violação do seu espaço aéreo na terça-feira, poucas horas antes da visita da secretária de Estado norte-americana. Condoleezza Rice exprimiu o apoio de Washington à integridade territorial georgiana.

Moscovo justificou a incursão aérea pela necessidade de frustrar uma alegada invasão de tropas georgianas na Ossétia do Sul.