Última hora

Última hora

Imigrantes clandestinos pagam com a vida viagem para Espanha

Em leitura:

Imigrantes clandestinos pagam com a vida viagem para Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

Pelo menos 35 imigrantes ilegais morreram nos últimos cinco dias quando tentavam chegar a Espanha. A última tentativa de travessia ocorreu sexta-feira. Meia centena de imigrantes oriundos da Guiné-Bissau tentaram chegar à ilha La Gomera, nas Canárias.

O grupo que se encontrava há vários sem beber água foi avistado a um quilómetro da costa. Oito imigrantes morreram e 11 estão em estado grave. Desde segunda-feira, cerca de 300 clandestinos chegaram às Canárias e à Andaluzia.

De acordo com o governador de Santa Cruz de Tenerife o número de mortos poderá aumentar já que há, ainda, muitos desaparecidos, as últimas informações, adianta, apontam para 70.

Após mais uma tragédia, o chefe de Governo espanhol defende que a solução para o problema passa pelo combate à pobreza.

Jose Luiz Rodrigues Zapatero promete, por isso, mobilizar organizações, sociedade civil e outros estados-membros para acabar com a falta de alimentos e condições nos países africanos.

Milhares de pessoas tentam todos os anos chegar à Europa através da Espanha. A Associação para os Direitos Humanos da Andaluzia afirma que em 2007 mais de 900 imigrantes ilegais morreram quando tentavam chegar ao país. A maioria é oriunda de países africanos.