Última hora

Última hora

Está aberta a Cimeira para o Mediterrâneo

Em leitura:

Está aberta a Cimeira para o Mediterrâneo

Tamanho do texto Aa Aa

Foi dado o pontapé de saída da União para o Mediterrâneo. Em Paris, os chefes de Estado e de governo de 43 países, estão reunidos à mesma mesa. Todos os Estados membros da União e mais os países da bacia mediterrânica – excepção feita à Líbia, que recusou participar no encontro – discutem as propostas concretas de Nicolas Sarkozy para o Mediterrâneo.

O chefe de Estado francês co-presidente com o seu homólogo egípcio, Hosni Mubarak, a nova União.

Além de projectos concretos, esta União tem também objectivos políticos de longo prazo, como afirmou Nicolas Sarkozy, no discurso de abertura do encontro: “Não vamos alcançar a paz esta tarde, mas temos de ser bem-sucedido no que estamos a construir. Temos de ultrapassar os desacordos, as divisões e construir um instrumento de paz, ao serviço do nosso mar comum, o mar Mediterrâneo.”

Foi o fracasso do processo de paz no Médio Oriente que fez naufragar o Processo de Barcelona. A União para o Mediterrâneo é vista como a segunda fase deste processo. Sarkozy acredita que poderá chegar a bom porto.