Última hora

Última hora

Anglicanos à beira da cisão

Em leitura:

Anglicanos à beira da cisão

Tamanho do texto Aa Aa

A Igreja Anglicana pode estar à beira da cisão. Os ramos conservador e liberal não se entendem quanto à ordenação de bispos homossexuais e de mulheres.

O movimento pelo poder das mulheres entre os anglicanos começou nos Estados Unidos.

Katharine Jeffers Schori foi eleita como presidente desta Igreja episcopal norte-americana há dois anos: “Eu acredito que Deus dá as boas vindas a todos, quer sejam pessoas que estão de acordo ou não. A Igreja sempre foi uma voz forte na troca de opiniões e teorias da religião”.

A ordenação de mulheres bispos é apoiada por Rowan Williams, o arcebispo da Cantuária, líder espiritual da Igreja Anglicana em todo o mundo:
“Eu estou a favor da ordenação de mulheres para o episcopado, por isso, estou totalmente contra qualquer tentativa de criar normas no sentido de dar mais poder aos homens e humilhar as mulheres”.

A Igreja Anglicana tem vários ramos, mas o conservador e o liberal impõem-se e são quase adversários.

Os conservadores estão contra a ordenação de mulheres bispos, a ponto de se terem reunido em Jerusalém para discutir o futuro da Igreja. Para os conservadores, a interpretação da Bíblia deve ser mais restrita.

O Arcebispo da Cantuária é o chefe espiritual dos anglicanos, mas não tem qualquer poder sobre os vários ramos da Igreja que são autónomos. Rowan Wiliiams não pode por isso limitar o debate, que se estende também à ordenação de bispos homossexuais.

Gene Robinson, homossexual assumido, ordenado bispo de New Hampshire em 2003, foi obrigado a interromper uma missa numa convenção anglicana em Inglaterra devido a acusações da audiência. O chefe espeiritual da Igreja decidiu excluir o bispo da convenção de Lambeth para preservar a unidade dos anglicanos.