Última hora

Última hora

Israel e Hezbollah trocam prisioneiros por restos mortais

Em leitura:

Israel e Hezbollah trocam prisioneiros por restos mortais

Tamanho do texto Aa Aa

Israel e Hezbollah já começaram a trocar prisioneiros por restos mortais de soldados e milicianos dos dois campos inimigos. O processo de transferência teve início esta manhã na fronteira entre Israel e o Líbano e tem como mediador o Comité Internacional da Cruz Vermelha.

A transferência começou com a entrega a Israel dos corpos dos soldados Ehud Goldwasser e Eldad Regev, ambos capturados por membros do Hezbollah a 12 de Junho de 2006 quando patrulhavam uma zona perto da fronteira com o Líbano.

A captura dos dois militares esteve na origem de uma guerra de 34 dias no Líbano entre Israel e o Hezbollah, durante a qual morreram mais de um milhar de libaneses e perto de 160 israelitas.

Seguiu-se depois a transferência dos restos mortais de milicianos libaneses e palestinianos do Hezbollah. Os cerca de 200 corpos foram transportados por camiões do Comité Internacional da Cruz Vermelha escoltados pela polícia israelita.

A operação fica concluída com a entrega por parte de Israel de cinco prisioneiros libaneses, entre os quais se encontra Samir Kantar.

Kantar estava detido em Israel desde 1979 e foi acusado de quatro delitos de assassínio, sequestro e tentativa de homicídio.