Última hora

Última hora

Recepção triunfal em Beirute: Hezbollah canta vitória

Em leitura:

Recepção triunfal em Beirute: Hezbollah canta vitória

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de pessoas receberam esta quarta-feira em Beirute, em clima de euforia, os cinco guerrilheiros libertados por Israel em troca dos corpos de dois soldados.

Entre eles, Samir Qantar, antigo membro da Frente de Libertação da Palestina, feito prisioneiro em 1979 e condenado por um triplo homicídio, incluindo o de uma criança.

De manhã, o Hezbollah tinha enviado os corpos dos dois soldados raptados em 2006, e cuja sorte foi mantida em segredo até ao último minuto.

Num discurso triunfal, o líder do movimento xiita falou à multidão afirmando que “os factores que pressionaram o inimigo israelita a aceitar a troca, não foram meramente humanitários. Houve incapacidade de salvar os dois soldados, incapacidade de juntar conhecimento e informações, houve medo da resistência”, concluiu.

O rapto dos dois soldados israelitas há dois anos deu origem a uma ofensiva israelita de 34 dias contra o Líbano.

Segundo o acordo mediado pelas Nações Unidas, para além da entrega dos cinco prisioneiros, Israel comprometeu-se a devolver os restos mortais de cerca de 200 combatentes libaneses e palestinianos.

O Governo de Beirute decretou um feriado no dia em que os cinco soldados foram recebidos no Líbano como heróis.