Última hora

Última hora

Brown apela à libertação dos reféns no Iraque

Em leitura:

Brown apela à libertação dos reféns no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Continuam nas mãos dos seus raptores os cinco reféns britânicos, um consultor e quatro guarda-costas, capturados no ministério da Economia em Bagdad em maio de 2007.

Num video enviado à redacção do Sunday Times, os sequestradores do autodenominado grupo Resistência Islâmica Xiita no Iraque informaram que um dos reféns identificado como “Jason” se tinha suicidado a 25 de Maio, quatro dias antes de completar um ano em cativeiro.

O governo britânico não conseguiu comprovar a veracidade do suposto suicídio nem a autenticidade do vídeo. O primeiro-ministro lançou um apelo aos raptores para que libertem imediatamente os reféns, garantindo que vai trabalhar com o governo iraquiano e com todas as pessoas que estejam em condições de ajudar para libertar os reféns.

Esta crise têm sido até então tratada com discrição no Reino Unido, a notícia veio agora a público em plena visita de Gordon Brown no Iraque.