Última hora

Última hora

Produto alemão em queda

Em leitura:

Produto alemão em queda

Tamanho do texto Aa Aa

O produto interno bruto da Alemanha sofreu uma considerável perda, no segundo trimestre do ano. A produção industrial desceu 2,4 por cento, em Junho, o que acontece pelo terceiro mês consecutivo.

Perante estes dados, os analistas não tem dúvidas: ainda vem longe o ponto de viragem e, portanto, não é possível, para já, inverter esta tendências. O regresso ao crescimento ainda vem longe.

Situação preocupante, por se tratar de uma economia que costuma ser a locomotiva das economias europeias. Em 2008, o crescimento não irá além dos 1.7. Mas, 2009, será ainda pior, com escassos 1.2.

O ministro das Finanças alemão admitiu, esta segunda-feira, que as boas perspectivas que o seu governo traçou no princípio do ano não se vão confirmar. Pelo contrário, os resultados da economia alemã estão mesmo em perda. Apesar de tudo, com crescimento, o que afasta o cenário de recessão.

É a confirmação das advertências deixadas, na semana passada, por Jean-Claud Trichet. O presidente do Banco Central Europeu disse que o crescimento na zona euro, seria fraco, nos dois últimos trimestres do ano.