Última hora

Última hora

Detenção de Karadzic provoca sentimentos contraditórios

Em leitura:

Detenção de Karadzic provoca sentimentos contraditórios

Tamanho do texto Aa Aa

Em Belgrado as capas dos jornais não escapam à detenção daquele que é considerado autor moral das piores atrocidades cometidas na Europa depois da II Guerra Mundial.

A captura dos principais fugitivos da guerra da Bósnia constitui uma das condições para a Sérvia entrar na União Europeia.

Nas ruas da capital sérvia existem sentimentos contraditórios.

“Não sabemos se ele é culpado e se matou alguém. Estamos a enviá-lo para Haia. Para o governo é bom mas para o povo não”, diz uma pessoa.

“Acho bem. É bom que o prendam e o enviem para Haia mas por outro lado ele é nosso, não gostaria que acabasse como os outros”, diz outra.

“É surpreendente e chocante ao mesmo tempo. Sou da república Srpska o que hei-de de dizer”, refere uma cidadã.

A maioria da população sérvia ambiciona a adesão do pais à União Europeia. Bruxelas felicitou a detenção de Radovan Karadzic.