Última hora

Última hora

Obama em Jerusalém à procura de créditos na política internacional

Em leitura:

Obama em Jerusalém à procura de créditos na política internacional

Tamanho do texto Aa Aa

Yad Vashem, passagem obrigatória para todos os que visitam Israel. Barak Obama, o candidato democrata na corrida a Casa Branca, recolheu-se no memorial do holocausto antes de prosseguir com uma agenda repleta de encontros com dirigentes israelitas e palestinianos.

Depois da passagem pelo Afeganistão e o Iraque, as guerras para as quais prometeu respectivamente enviar mais tropas e retirar no prazo de 2 anos, caso seja eleito, Obama volta a sua atenção para a questão do processo de paz israelo-palestiniano.

Fundamental mais melhorar as suas credenciais na política externa, os resultados da visita de Obama são aguardados com expectativa nos Estados Unidos, onde existe um poderoso lobby judeu.

Os primeiros encontros oficiais foram com o ministro da Defesa Ehud Barak e também com o líder da oposição Benjamin Netanyahu

A chegada a Jerusalém, Obama condenou o ataque de ontem com uma retro escavadora, que ocorreu junto ao hotel onde ficou alojado.