Última hora

Última hora

Japão recupera do sismo

Em leitura:

Japão recupera do sismo

Tamanho do texto Aa Aa

Apesar do Japão estar localizado numa das zonas sísmicas mais activas do mundo, o sismo que sacudiu a ilha de Hoshu não deixou de provocar feridos e medo nas populações, além de danos materiais.

O tremor de terra sentiu-se por volta da meia-noite local. Mais de cem pessoas ficaram feridas, algumas em estado grave.

Bastantes cidadãos ficaram presos em comboios, face à quebra de electricidade que se verificou. Mais de seis mil casas ficaram privadas de energia e alguma indústria foi obrigada a interromper a produção.

O fenómeno originou também falta de água corrente em varias zonas.

De acordo com o instituto de meteorologia e geofisica japonês, o epicentro verificou-se em Itawa com uma intensidade de 6,8 na escala de Richter.

De acordo com um sismólogo da universidade de Tóquio, as consequências do tremor de terra não foram muito elevadas porque o epicentro verificou-se a 120 quilómetros de profundidade.

A ilha de Hoshu tem sido palco de vários sismos no último mês.