Última hora

Última hora

Karadzic tem até amanhã para apresentar recurso contra extradição

Em leitura:

Karadzic tem até amanhã para apresentar recurso contra extradição

Tamanho do texto Aa Aa

Radovan Karadzic tem até amanhã para apresentar recurso contra a sua extradição.
 
Quatro dias após a captura do antigo lider dos sérvios da Bósnia, os advogados tentam atrasar a transferência do suspeito de genocídio para o Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia.
 
Se o recurso for rejeitado pela justiça sérvia, a extradição para Haia poderá ocorrer no início da próxima semana.
 
A forma como Karadzic conseguiu esconder-se durante treze anos continua a surpreender toda a gente.
 
O general vivia nos arredores da capital sob uma falsa identidade de terapeuta holístico.
 
Os jornais desta quinta-feira revelavam detalhes sobre a dupla vida do suspeito.
 
A alegada namorada de Karadzic ocupava a primeira página de alguns diários.
 
Em Belgrado, alguns cidadãos vêem a detenção de Karadzic com cepticismo, outros como uma nova etapa da história do país.
 
Um residente da capital sérvia afirmou que “a detenção faz parte de um jogo político demasiado complexo para as pessoas comuns” e que “o que conta para o povo é conseguir que o salário dure até ao fim do mês”.
 
Outra residente disse que “ficaria muito feliz se os restantes suspeitos fossem detidos para que o país avance e para que os mais novos possam um dia saber o que é viver na Europa”.
 
Um cenário rejeitado por alguns apoiantes de Karadzic que se manifestaram ontem nas ruas de Belgrado.
 
Os militantes ultranacionalistas contestam a captura do antigo comandante sérvio e mostraram o seu apoio ao general Ratko Mladic, que continua a monte.