Última hora

Última hora

Karadzitch poderá ser extraditado na segunda-feira

Em leitura:

Karadzitch poderá ser extraditado na segunda-feira

Tamanho do texto Aa Aa

Radovan Karadzitch poderá ser extraditado para o tribunal penal internacional de Haia na segunda-feira.

O antigo líder dos sérvios da Bósnia foi detido no início da semana, depois de ter estado escondido durante onze anos.

Karadzic é acusado de genocídio, crimes contra a humanidade e crimes de guerra cometidos durante a guerra da Bósnia entre 1992 e 1995.

O Procurador Geral da Sérvia para os crimes de guerra afirmou que “os juizes vão reunir-se na segunda-feira para analisar o recurso apresentado pelo advogado do suspeito”.

O mesmo responsável referiu que apesar de a justiça dispor de três dias para responder, espera que a decisão seja tomada imediatamente.

A detenção de Karadzic gerou uma onda de protestos na Sérvia por parte dos grupos ultra-nacionalistas.

No exterior do tribunal, a irmã do suspeito afirmou que ele “está bem, de bom humor e de boa saúde”.

Karadzic clama inocência e acusa a justiça internacional de perseguir aos sérvios.

O antigo comandante afirma que pretendia entregar-se quando terminasse o prazo do tribunal de Haia para a abertura de novos processos sobre a ex-Jugoslávia para poder ser julgado na Sérvia.