Última hora

Última hora

Roma compensa Tripoli pela colonização

Em leitura:

Roma compensa Tripoli pela colonização

Tamanho do texto Aa Aa

A Líbia e a Itália preparam-se para assinar um acordo de vários milhões de euros de compensação pelo período colonial italiano.

Segundo um dos filhos do líder líbio Mouammar Kadafi, o acordo incluirá a construção de uma auto-estrada que atravessará a Líbia desde a fronteira tunisina até ao Egipto.

O projecto vai custar cerca de 3.000 milhões de euros e é uma promessa feita a Kadafi por Sílvio Berlusconi em 2004.

Roma tem mantido relações difíceis com Tripoli desde 1969, altura em que Kadafi subiu ao poder.

Os ataques ocorridos em 2006 contra um consulado italiano na cidade líbia de Benghazy, ilustraram recentemente as tensões entre os dois Estados.

No entanto, a Itália importa 25% do gás e 33%, do petróleo que consome, das reservas líbias e mantém uma forte presença comercial na antiga colónia.

Há muito que os dois países procuram um acordo de indmenização pelas políticas coloniais italianas que, entre 1911 e 1943, no tempo de Benito Mussolini, contemplaram a deportação de milhares de líbios para Itália.