Última hora

Última hora

Tensão Tripoli-Berna preocupa autoridades helvéticas

Em leitura:

Tensão Tripoli-Berna preocupa autoridades helvéticas

Tamanho do texto Aa Aa

Tripoli começou a pôr em prática as ameaças de represálias contra Berna esta quinta-feira.

O governo líbio anunciou a interrupção de fornecimento de petróleo à Suíça na sequência da breve detenção de um dos filhos de Muammar Kadafi em Genebra, que resultou num incidente diplomático.

Jean Philippe Jeannerat, porta-voz dos negócios estrangeiros suíço: “Pode-se ler muitas coisas. Há intenções anunciadas através de comunicados à imprensa. Por agora, a Suíça não dispõe de qualquer informação oficial nesse contexto”.

Para além do bloqueio petrolífero, a Líbia também pretende fazer saír as empresas helvéticas do país e as autoridades detiveram dois cidadãos suíços.

Berna já tinha aconcelhado os cidadãos da confederação a evitarem o país: “Isso parece um pouco duvidoso, para não dizer mais, na medida em que se trata de pessoas que residiam no local. Actualmente elas vivem uma situação dramática porque no fundo são tratadas como imigrantes ilegais em território líbio”.

O anúncio das retaliações por parte do Governo líbio surgiu no mesmo dia em que algumas centenas de trabalhadores das companhias marítimas que asseguram o transporte de crude para a Suíça se manifestaram junto à embaixada helvética em Tripoli.