Última hora

Última hora

Mais dois alegados terroristas da ETA detidos em França

Em leitura:

Mais dois alegados terroristas da ETA detidos em França

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades francesas detiveram dois alegados membros da ETA perto de Dijon, numa operação que se saldou como o maior golpe inflingido ao grupo terrorista desde Maio.

Na altura foram detidos quatro dirigentes.

Ontem foi a vez de Asier Eceiza, considerado como um dos mais altos responsáveis do comando militar, e Olga Comes, suspeita de ter participado nos planos de sequestro e assassínio de um conselheiro socialista basco.

Ao que tudo indica, os dois suspeitos foram detidos quase por acaso. Viajavam num automóvel roubado perto de Dijon, tiveram um acidente e partiram em fuga. Mais à frente, o carro avariou, estava parado à beira da estrada quando a polícia interpelou os dois ocupantes. Os documentos não correspondiam à legalidade, os dois adoptaram comportamento estranho. Perante a pressão identificaram-se como membros da ETA e foram detidos. Segundo a polícia, não ofereceram resistência.

As detenções ocorrem um dia depois de ter sido descoberta uma grande quantidade de explosivos que se presumem pertencer aos terroristas bascos.

Na terça-feira, foi a vez do desmantelamento do comando de Biscaia com a prisão de 10 suspeitos, entre eles o alegado chefe militar.