Última hora

Última hora

Discurso de Castro desilude

Em leitura:

Discurso de Castro desilude

Tamanho do texto Aa Aa

Os cubanos esperavam pelo anúncio de novas reformas, mas em dia de festa nacional o discurso de Raúl Castro ficou aquém das expectativas.

O chefe de Estado cubano voltou, este sábado, ao quartel de Moncada, em Santiago, onde há 55 anos se iníciou a revolução cubana.

Durante o discurso, Castro falou do diferendo com os Estados Unidos, adiantando, que a aposta na defesa do país é para continuar, independentemente, dos resultados das presidenciais norte-americanas.

Em relação à situação interna do país, o presidente alertou o povo para que não se acostume a receber apenas boas noticías e pediu contenção nas despesas.

Um balde de água fria para os cerca de 10.000 cubanos que se concentraram diante do quartel.

Mas a 26 de Julho, a contenção das despesas não fez parte da ementa política.

Nas ruas o fogo de artifício e o desfile de carros alegóricos fizeram esquecer os problemas de uma país que há 55 anos deu os primeiros passos para a revolução.