Última hora

Última hora

A vida secreta de Radovan Karadzic

Em leitura:

A vida secreta de Radovan Karadzic

Tamanho do texto Aa Aa

A vida de Radovan Karadzic, enquanto fugitivo da justiça, é repleta de surpresas.

Durante os últimos 11 anos, o alegado criminoso de guerra servio-bósnio escondeu-se atrás de longas barbas e cabelo brancos.

Petar Glumac, 78 anos, médico de medicinas alternativas é um dos homens a quem Karadzic roubou a identidade. O ex-dirigente servio-bósnio usava um passaporte como seu nome, de forma a viajar na Europa.

“Quando eles fizeram o anúncio da detenção em Viena, os meus amigos ligaram-me, e ninguém sabia nada aqui, disseram-me que tinham mostrado a minha foto na televisão e ficaram em choque. Perguntaram-me se eu estava na prisão e alguns deles choraram. Ontem tive muitas chamadas”, declarou o lesado.

Para além do ex-dirigente sérvio-bósnio usar o nome de Dragan Dabic, na Sérvia, usou a identidade deste médico de nacionalidade sérvia e croata, que viaja muitas vezes para a Áustria, Itália e Croácia.

Karadzic ter-se-á deslocado a estes países para trabalhar como médico milagreiro e terá mesmo estado em Itália a assistir a uma partida de futebol do Inter de Milão.