Última hora

Última hora

OMC falha acordo de comércio livre

Em leitura:

OMC falha acordo de comércio livre

Tamanho do texto Aa Aa

As negociações para um acordo de comércio livre falharam. Reunidos em Genebra, os membros da Organização Mundial do Comércio (OMC) não conseguiram alcançar o acordo que perseguem desde 2001, altura em que começou a chamada Ronda de Doha.

A Índia e a China, as duas principais economias emergentes, foram os principais opositores à proposta dos Estados Unidos, que segundo os próprios americanos pretendia ajudar os agricultores dos países mais pobres.

Estes dois países opõem-se às medidas que pretendem restringir a imoprtação de alimentos.

O falhanço do acordo é também uma derrota para a União Europeia. O comissário para o Comércio, Peter Mandelson, diz que não vai haver nenhuma proposta melhor que a que estava agora em cima da mesa.

Este fracasso não significa, no entanto, o fim da ronda de Doha. Vão seguir-se novos encontros, mas é difícil que o acordo venha a acontecer. As negociações levam já quatro anos de atraso em relação à data prevista para o fim.

A ideia da criação de um acordo de comércio livre nasceu na sequência dos atentados de 11 de Setembro de 2001.