Última hora

Em leitura:

Apoiantes de Karadzic em cólera


Sérvia

Apoiantes de Karadzic em cólera

A violência estalou nas ruas de Belgrado após uma manifestação de apoio a Karadzic.

As autoridades dispararam gás lacrimogéneo e balas de borracha contra uma centena de manifestantes ultra-nacionalistas que lançavam pedras no centro da capital sérvia.
Há registo de quarenta e seis feridos, entre les vinte e cinco polícias.

Mais de quinze mil pessoas reuniram-se no centro de Belgrado, esta terça-feira, para protestar contra a transferência de Radovan Karadzic para o tribunal Penal Internacional.
Na mira das críticas dos manifestantes, o presidente sérvio Boris Tadic. Durante o comício, o chefe de estado pró-europeu foi acusado de ser um traidor.
Karadzic continua a ser considerado por muitos como um herói nacional da guerra da Bósnia.
A manifestação foi organizada pelo Partido Ultranacionalista radical sérvio.
Os distúrbios começaram quando Tomislav Nicolic,o líder do partido, se preparava para falar.