Última hora

Última hora

TPI pressiona para capturar os restantes fugitivos

Em leitura:

TPI pressiona para capturar os restantes fugitivos

Tamanho do texto Aa Aa

Com Radovan Karadzic detido falta capturar os restantes fugitivos de guerra “sem o qual o mandato do Tribunal Penal Internacional não estará completo”.

As palavras, esta manhã do Procurador Geral do TPI Serge Brammertz numa conferência de imprensa sobre o processo do ex-lider sérvio Radovan Karadzic indiciado no Tribunal de Haia em Julho de 1995.

“A detenção de Radovan é extremamente importante para os familiares das vítimas que tiveram de esperar demasiado tempo por este dia. É também importante para a Justiça Internacional porque fica assim claramente demonstrado que não há alternativa senão capturar os fugitivos de guerra.”

Karadzic foi extraditado nas primeiras horas da manhã da capital sérvia, Belgrado, onde estava preso há nove dias após passar mais de uma década na clandestinidade.

Brammertz elogiou a colaboração das autoridade de Belgrado com quem deverá encontra-se brevemente para acelarar a captura dos restantes fugitivos: Rakto Mladic e Goran Hadic – “sem esta duas detenções o mandato do TPI não poderá estar completo”, a certeza do Procurador Geral de Haia.