Última hora

Última hora

Olmert fora do governo em Setembro

Em leitura:

Olmert fora do governo em Setembro

Tamanho do texto Aa Aa

Ehud Olmert está fora da corrida para as primárias do partido Kadima e vai deixar a chefia do governo em Setembro.

O anúncio do primeiro-ministro israelita surge depois de meses de pressão em torno de Olmert, acusado de vários crimes de corrupção.

As investigações ao chefe do executivo hebraico enfraqueceram a sua autoridade política. Olmert é suspeito de alegadamente ter recebido dinheiro de forma ilegal de um empresário norte-americano no desempenho de anteriores cargos públicos.

A ministra dos Negócios Estrangeiros, Tzipi Livni, já disse publicamente que está na corrida para assumir a chefia do governo e apresenta-se como a favorita.

Israelitas e palestinianos reagem ao anúncio de Olmert de forma diferente.

Uma habitante de Jerusalém diz que a “pressão da opinião pública era muita” e que o primeiro-ministro “fez a escolha certa para ele e para o país”.

Em Hebron, na Cisjordânia, um cidadão palestiniano conta que depois de Olmert ter feito alguns acordos com o povo palestiniano, “com a sua demissão esse acordos podem acabar. Teremos de recomeçar tudo com o novo líder que virá a seguir”, diz.

O partido Kadima deve realizar as eleições primárias no próximo dia 17 de Setembro.