Última hora

Última hora

Jazz à Vienne

Em leitura:

Jazz à Vienne

Tamanho do texto Aa Aa

O Festival de Jazz de Vienne, localidade francesa nas proximidades de Lyon, teve um cartaz de alto gabarito na sua 28ª edição. Entre os dias 27 de Junho e 11 de Julho desfilaram no anfiteatro romano vários nomes incontornáveis da música norte-americana das últimas décadas.

O pianista Donald Brown e o trompetista Bill Mobley foram alguns dos músicos que abrilhantaram as noites de Vienne junto a “monstros” como Buddy Guy.

George Buddy Guy inspirou guitarristas virtuosos como Jimi Hendrix ou Eric Clapton, entre outras lendas e do Rock’n‘Roll e é tido como um dos expoentes máximos do Blues de Chicago.

Outra referência do movimento musical da cidade do Midwest é Eddy Clearwater. Aos 73 anos “The Chief” permanece em forma e não acusa o desgaste de seis décadas de guitarra nas mãos.

O rei da Soul foi alvo de Um Tributo Africano. Alguns dos músicos que tocaram com James Brown reuniram-se sob a direcção musical de Pee Wee Ellis e de Fred Wesley.

Nicole Slack Jones e as Soul Sisters também brilharam junto às margens do rio Ródano. Os Gospels e o R’n‘B marcaram os espíritos de todos quantos se deslocaram a Vienne para sentir na alma alguns dos melhores tenores da música negra norte-americana.